Menu

Invalidez Permanente Total ou Parcial

A cobertura para Invalidez permanente serve para indenizar o viajante caso ele sofra algum acidente pessoal durante a viagem que resulte na redução (total ou parcial) da mobilidade dos membros ou do funcionamento dos órgãos do mesmo.

Isso quer dizer que se você sofrer um acidente durante a viagem, receber atendimento médico, esgotar todos os recursos disponíveis e ainda assim a invalidez for declarada por um médico, a seguradora irá pagar uma indenização, equivalente ao grau da invalidez.

Quais riscos não estão cobertos?

A indenização será desconsidera se a invalidez for resultado de envolvimento direto ou indireto com as seguintes ações:

  • Atos ou operações de guerra, exceto quando o viajante estiver prestando serviço militar ou atos de humanidade, ou ataque terrorista;
  • O uso de material nuclear para quaisquer fins, incluindo a explosão nuclear provocada ou não, bem como a contaminação radioativa ou exposição a radiações nucleares ou ionizantes;
  • Furacões, ciclones, terremotos, maremotos, inundações, quedas de corpos siderais, meteoritos, erupções vulcânicas e outras convulsões da natureza;
  • Atos ilícitos dolosos praticados pelo viajante, por seus beneficiários ou pelos seus representantes;
  • Atos contrários à lei;
  • Acidentes provenientes da prática de esportes radicais e notoriamente perigosos, ainda quando praticados como passatempo, e que não estão na lista de esportes cobertos;
  • Esportes de inverno tais como esqui ou snowboard praticado fora de pistas regulamentadas ou não autorizadas e a participação do viajante em competições esportivas em gelo ou neve;
  • Choque anafilático e suas consequências, quando não decorrentes diretamente de um acidente pessoal;
  • O suicídio, premeditado ou não, ou sua tentativa;
  • Epidemias, endemias e pandemias, desde que declaradas pelo órgão competente, e envenenamento de caráter coletivo;