Menu

Bagagem

Um dos piores pesadelos de um viajante é ter a mala extraviada durante a viagem. E não é pra menos, né? Imagina só chegar em um país totalmente desconhecido e descobrir que suas malas se perderam no caminho? Mas não precisa arrancar os cabelos, a Assist Trip pode te ajudar com isso!

O que é e como funciona?

A cobertura para extravio de bagagem serve para indenizar o viajante em casos em que a mala se perde durante a viagem e não chega ao seu destino final. Por lei, a companhia é obrigada a pagar uma indenização ao viajante. O valor pago pela companhia nem sempre é satisfatório e por isso, a cobertura da Assist Trip acaba sendo uma mão na roda.

Caso sua bagagem seja extraviada, você pode entrar em contato com a gente! Iremos calcular o valor da indenização de acordo com o peso da mala declarado no momento de despachar.

A cobertura pode ser acionada nas seguintes situações:

  • Desaparecimento ou a perda total da bagagem;
  • Bagagens que se perderam dentro do período de cobertura do seguro da Assist Trip;
  • O viajante tenha feito a reclamação oficial à empresa transportadora e preenchido o documento de irregularidade de bagagem antes de deixar o local de desembarque;
  • Caso a bagagem se perca durante uma viagem de avião de linha aérea regular, trem, embarcação ou ônibus licenciado e que emita tíquete de bagagem.

Quando a cobertura não pode ser acionada?

  • Extravio, furto ou roubo de objetos no interior de qualquer bagagem sem que tenha havido o desaparecimento total do mala entregue à empresa transportadora;
  • O confisco ou apreensão da bagagem por parte da Alfândega ou de qualquer outra autoridade governamental;
  • Danos preexistentes, parciais ou danos e acidentes que não tenham ocorrido diretamente por descuido da companhia responsável;
  • Bagagem de mão;
  • Animais, dinheiro, cheques, títulos, selos, coleções, documentos de qualquer espécie, metais preciosos e suas ligas, pedras preciosas ou semipreciosas, bijuterias, joias, relógios, peles, obras de arte e quaisquer objetos de valor estimativo;
  • Quando a bagagem não for retirada pelo viajante logo que disponibilizada pela companhia;
  • Bagagens de pilotos, membros da tripulação, funcionários ou pessoas que tenham interesses na empresa transportadora.